FORGOT YOUR DETAILS?

DICAS

Preparo do Solo

O primeiro passo para o plantio deve ser a eliminação da vegetação existente (por capina ou aplicação de produtos). Em seguida, uma análise do solo poderá servir de base para a determinação das quantidades de corretivos e fertilizantes a serem adicionados. Com o solo já descompactado e nivelado, os corretivos devem ser adicionados de acordo com as necessidades constatadas.

Plantio da Grama

O plantio deverá ser feito logo após o recebimento da grama, que não pode ser armazenada por um longo período. Os tapetes devem ser colocados lado a lado, sua proximidade varia dependendo do tipo da grama. Faça irrigação diária durante 30 dias, esse é o período de enraizamento e adaptação da grama ao solo. Recomenda-se a cobertura com terra logo após o plantio da grama, (de boa procedência, limpa de ervas daninhas, sementeiras ou qualquer tipo de vegetação.). A adubagem é recomendada após 40 dias do plantio.

Adubação

Para garantir os nutrientes necessários, além de material orgânico, o solo precisa de fertilizantes ricos em nitrogênio, fósforo e potássio. Isso é feito através da adubação orgânica e /ou química. Cuidado! O adubo pode queimar as folhas. Por isso, o gramado deve ser muito regado sempre após a adubação. Sob as árvores, a dosagem deve ser dobrada. Recomendamos a contratação de serviços profissionais para essa atividade. A adubação é realizada geralmente na primavera, mas também varia de acordo com cada espécie de grama.

Irrigação

Aqui, a regra básica é: não encharque o gramado no tratamento de manutenção! Procure uma quantidade adequada de água. Tocar a terra durante a rega pode ajudá-lo a sentir a umidade da terra. A frequência da irrigação varia conforme o clima da região e a espécie de grama. Considere intervalos mínimos de 15 dias no verão e até no máximo 60 dias no inverno para essa atividade.

Poda

A poda é muito importante, pois ela fortalece o gramado. O crescimento da grama depende da espécie, aquelas indicadas para climas quentes crescem mais rápido, tendo, portanto, uma poda mais frequente. Geralmente, ao atingirem entre 2 a 3 cm elas já podem ser podadas.

TOP